1 – REGIME ENSINO REMOTO EMERGENCIAL / UFMG

Compartilhe em suas redes sociais

A UFMG começa a planejar a retomada gradual de suas atividades em um trabalho que envolve a consulta à comunidade acadêmica para definir as estratégias e ações que serão adotadas em curto, médio e longo prazo, além da criação de comitês locais e Grupos de Trabalho interdisciplinares, sempre em consonância com as orientações das autoridades sanitárias e em saúde e de forma a garantir a qualidade de ensino e a inclusão social.

Confira quais são as principais ações para o planejamento do retorno das atividades e participe.

Retorno das aulas na pós-graduação:

– UFMG define diretrizes para a retomada das atividades em regime remoto emergencial. As aulas na pós-graduação retornam em 1º de julho e na graduação em agosto. Leia a reportagem publicada no Portal da UFMG em 26 de junho.

Propostas de regime remoto emergencial apresentadas na reunião do Conselho Universitário de 15 de junho de 2020:

– Ações emergenciais adotadas e em execução: políticas de ensino remoto, assistência estudantil, inclusão digital, ações afirmativas, acessibilidade e diretrizes da Comissão Permanente de Saúde Mental adotadas durante o período de trabalho remoto na Universidade.

– Pós-graduação: diagnóstico sobre o retorno das atividades nos cursos de pós-graduação e sugestões apresentadas pela comunidade acadêmica. Confira Ofício e Apresentação da Câmara de Pós-Graduação.

– Graduação: síntese da consulta feita aos colegiados de graduação e proposta de retorno às atividades acadêmicas curriculares em três etapas. Confira documento da Câmara de Graduação.

– Comitê Permanente de Acompanhamento de Estudantes da UFMG: reflexões sobre dez eixos, como flexibilização das Normas Acadêmicas durante os períodos de pandemia e pós-pandemia e promoção do acesso à internet e à equipamentos eletrônicos adequados para o ensino remoto emergencial para a comunidade acadêmica.

Ações para o planejamento da retomada:

Nova fase da estrutura de enfrentamento à pandemia na UFMG: o Comitê Permanente de Enfrentamento do Novo Coronavírus apresenta nova proposta de trabalho para o enfrentamento à pandemia na Universidade, sempre considerando os embasamentos científico e técnico para assessorar as decisões administrativas e acadêmicas da Administração Central e das Unidades. As medidas começam a ser adotadas a partir de junho de 2020 e trazem orientações iniciais para o planejamento da retomada das atividades na UFMG.

Comitês locais nas unidades da UFMG: comitês locais instituídos nas unidades acadêmicas, administrativas e diretorias começam a planejar o retorno gradual das atividades considerando a previsão de adaptações em infraestrutura física, elaboração de protocolos sanitários para trabalhadores e cumprimento das normas de governança para o enfrentamento da pandemia.

Grupos de Trabalho: pelo menos seis Grupos de Trabalho instituídos pelo Comitê Permanente de Enfrentamento do Novo Coronavírus da UFMG promoverão a reflexão sobre o contexto da pandemia e seus desafios em áreas como utilização do espaço físico, monitoramento epidemiológico, saúde mental, impacto socioeconômico, biossegurança e aspectos clínicos da Covid-19.

Conferências on-line sobre a “nova normalidade”: o Comitê Permanente planeja organizar conferências on-line para apresentar uma visão do que ocorre no país e no mundo e discutir os desafios impostos pela pandemia às relações de trabalho e interpessoais (inclusive no ambiente familiar) e às noções de bem e espaço comuns. A programação será divulgada no Portal da UFMG.

Programa Integração Docente: o programa Integração Docente: Ações Formativas para as Práticas Pedagógicas foi concebido para discutir o planejamento do retorno às atividades letivas em tempos de pandemia, oferecendo aos professores da Universidade informações e capacitações sobre o uso de fóruns, oficinas, cursos, webinars e outras ações virtuais de apoio no uso de tecnologias digitais no ensino. Há ainda debates sobre o planejamento da retomada de atividades em áreas específicas, como nos cursos da Saúde.

Consulta às universidades nacionais e estrangeiras: a Diretoria de Relações Internacionais está fazendo uma consulta às instituições de ensino superior parceiras, localizadas nos cinco continentes, para mapear suas diretrizes de retomada.

Consulta aos estudantes da UFMG: entre 2 e 9 de junho, um questionário foi disponibilizado ao corpo discente com o objetivo de conhecer as reais condições de estudo durante o período da pandemia, como acesso à internet e a equipamentos de informática. As informações coletadas auxiliarão no planejamento do retorno das atividades acadêmicas e no planejamento de políticas de inclusão digital. Alguns colegiados de graduação também estão conduzindo consultas específicas com seu corpo discente.

Protocolos para atividades de ensino, pesquisa e extensão: as pró-reitorias de Graduação, Pós-graduação, Extensão e Pesquisa entraram em contato com as unidades acadêmicas em busca de informações sobre a capacidade de oferta de atividades a distância, a infraestrutura disponivel para pesquisas em laboratórios e as necessidades especiais de biossegurança.

Informações atualizadas em 29/06/2020.

Fonte: https://ufmg.br/coronavirus

Compartilhe em suas redes sociais
X