FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES E INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM ENTRAVES ESTRUTURAIS NA CONSTITUIÇÃO PSÍQUICA: efeitos da circulação da palavra. (Sâmara Gurgel Aguiar)

Título do Trabalho: FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES E INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM ENTRAVES ESTRUTURAIS NA CONSTITUIÇÃO PSÍQUICA: efeitos da circulação da palavra
Autor(a): Sâmara Gurgel Aguiar
Orientador(a):
Mônica Maria Farid Rahme
Linha de Pesquisa: Psicologia, Psicanálise e Educação
Programa: Doutorado
Grau: Programa de Pós-Graduação em Educação
Palavras-chave: Docência, Educação inclusiva, Formação inicial, Psicanálise
Data da Publicação: 25/10/2021
Resumo (curto):
Este projeto propõe abordar a formação docente a partir da dimensão subjetiva do encontro educativo e seus efeitos, elementos que não costumam ser considerados na perspectiva mencionada acima. Ademais, pretendemos fazê-lo com uma escuta dirigida às questões relativas à inclusão de crianças com entraves estruturais na constituição psíquica, que, segundo Kupfer et al (2017), são sujeitos que apresentam sofrimento psíquico grave na infância, sinalizando a evolução de quadros clínicos como psicoses infantis ou autismos. Para tanto, tomando como base contribuições psicanalíticas, partimos dos pressupostos de que: 1) a relação professor-aluno incide de forma decisiva no percurso educacional deste último; 2) o caráter dinâmico inconsciente dessa relação produz consequências importantes para o ato educativo; 3) o encontro com o discente causa estranhamento no docente; 4) a escolarização de crianças com entraves estruturais na constituição psíquica demanda do professor uma disponibilidade interna, não referida nos moldes oficiais de formação docente propostos por nossa política de educação inclusiva.

Resumo (expandido): clique aqui
Áreas: Educação inclusiva; Formação de professores.

Ir!
X